NOTÍCIAS

ASSEMBLEIA-GERAL CONJUNTA DEFINE INTENSIFICAÇÃO DA MOBILIZAÇÃO ATÉ QUE O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA APRESENTE UMA PROPOSTA DE PLANO DE CARREIRA.
Terça-Feira, 11 de Junho de 2019

Foi realizada na sexta-feira (31/5) a assembleia-geral conjunta, conforme deliberado na última assembleia do dia 15/3, em razão da expectativa em torno da promessa do Procurador-Geral de Justiça, feita em fevereiro, sobre a apresentação de uma proposta de plano de carreira em maio.

 

A expectativa dos servidores do Ministério Público por um plano de carreira digno.

A presidente da APROJUS, em encontro com o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos, Dr. Benhur Biancon Júnior, obteve a informação de que o Procurador-Geral de Justiça reconduzido, Fabiano Dallazen solicitou a conclusão da minuta do plano de carreira, a qual está sendo encaminhada para ele. Foi solicitada pelas entidades APROJUS, AAPJ/RS e SIMPE, antes da data da assembleia-geral conjunta, uma agenda com o PGJ, sem retorno. Pelas informações do Subprocurador-Geral, a probabilidade é de que a apresentação da minuta para as entidades ocorra após a posse. A APROJUS acredita que chegamos ao ápice. Os prazos se esgotaram e o Procurador-Geral tem um compromisso assumido perante os servidores, de negociar um plano de carreira, observando que o esforço das entidades e servidores deverá se concentrar para garantir um plano de carreira digno, que efetivamente valorize os servidores do Ministério Público e que não se afaste muito da proposta construída pela APROJUS e pelo Simpe, encaminhada há dois anos para a administração Superior. Destacou ainda, a presidente da APROJUS, que essa luta não se restringe só às entidades classistas, que cada servidor deve ser multiplicador no esforço para a construção de um plano que atenda, ao menos, minimamente, os anseios de nossa categoria.

União das Representações.

O presidente da AAPJ/RS - Associação dos Assistentes de Pormotoria de Justiça, Antônio Celso Dalle Molle, destacou que a união das representações e a realização das assembleias-gerais conjuntas em torno da campanha do PCCs foi uma decisão das entidades APROJUS, AAPJ/RS, AGEAMP, ANACOMP e SIMPE; que isso é fruto de amadurecimento, para se evitar erros ocorridos no passado e tem como objetivo a união da categoria para conquistarmos o plano de carreira. As próximas assembleias serão decisivas e a participação de todos os representados é imprescindível.

 

Eleições Paralelas.

O Presidente do SIMPE-RS, sindicato dos servidores do Ministério Público, Jodar Pedroso Prates ressalvou que o Procurador-Geral de Justiça ainda não cumpriu sua promessa de apresentar um plano de carreira aos servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul, pautando as eleições paralelas como um instrumento onde os servidores puderam ter visibilidade nacional e que com isso, estamos adquirindo consciência de classe.

 

 

DELIBERAÇÕES:

Aberto o espaço para manifestações e encaminhamentos por parte dos presentes. Iniciadas as discussões, foram obtidas as seguintes deliberações:mapeamento dos cargos em comissão, resgate histórico das negociações de Plano de Carreira que ocorreram, realização de operação padrão, escalonamento da implantação de plano de carreira como sugestão para a negociação, confecção de outdoors, adesivos (inclusive para carros), panfletos, camisetas, bem como colocação de faixas pretas nas grades e divulgar, ressaltar o conceito de sermos o único MP do Brasil sem plano de carreira, envio de e-mail ao PGJ, e-mail ao Conselho Superior do MP, encaminhamento da decisão sobre o PCCS para referendo dos servidores por votação e urnas, realização de roteiro estadual de mobilização com membros e servidores, participação na webconference de 04/06, estado de greve, envio de e-mail ao PGJ agradecendo convite para a posse e perguntando quando será apresentado o plano de carreira, solicitação para deputados pautarem o PCCS durante a solenidade de prestação de contas na ALRS, ofício pedindo liberação para a prestação de contas e posse, realização de paralisações de 2h junto com os servidores do poder judiciário, participação dos atos no dia 14/6.



MAIS NOTÍCIAS
voltar
Fasp União Gaúcha