NOTÍCIAS

ATUAÇÃO CONTRA O EDITAL DE TERCEIRIZAÇÃO
Segunda-Feira, 24 de Julho de 2017
A direção da APROJUS, na tarde dessa quinta-feira, 20/07, esteve em reunião com o Subprocurador-Geral para Assuntos Administrativos para tratar de assuntos de interesse dos associados.

Dentre os temas, o que dominou a pauta, foi a questão do edital de licitação para contratação de empresa terceirizada, para prestação de serviços na área de apoio administrativo, na função de Auxiliar Administrativo, cuja descrição das funções são coincidentes com as atribuições do cargo de Agente Administrativo. Não obstante a manifestação da Administração do Ministério Público, no sentido que a contratação é para suprir necessidades em serviços de menor complexidade. Ante a perspectiva de não haver recuo em relação ao prosseguimento do edital, a APROJUS está atuando na tomada de todas as medidas necessárias, na defesa da preservação dos cargos de carreira da Instituição, na medida em que há um concurso para o cargo de Agente Administrativo em andamento, com validade até agosto de 2018, havendo cargos vagos a serem preenchidos´. Além disso, é de sinalar que há projeto de lei prevendo a ampliação do número de cargos de Agente Administrativo. Outro motivo que leva a APROJUS a atuar contra essa proposta de terceirização é o fato de estarem as entidades classistas trabalhando o encaminhamento junto à Administração, de plano de carreira para os servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul. 
Na oportunidade, foi reforçado os termos do requerimento encaminhado pela APROJUS e Simpe, requerendo a abertura de edital de promoção para os cargos de Agente Administrativo e Secretário de Diligências.



MAIS NOTÍCIAS
voltar
Fasp União Gaúcha