NOTÍCIAS

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE - APROJUS 2014!!!
Segunda-Feira, 10 de Março de 2014
A APROJUS, em parceria com o Ministério Público do Rio Grande do Sul e com a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMPRS), promove a "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014".


CAMPANHA DE VACINAÇÃO

CONTRA A GRIPE 2014!!!

 

A APROJUS, em parceria com o Ministério Público do Rio Grande do Sul e com a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMPRS), promove a "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014".

A vacinação acontecerá entre os dias 03 e 17 de abril de 2014 e está condicionada a participação mínima de 300 (trezentos) interessados, dentre associados da APROJUS, demais servidores, membros do Ministério Público, familiares, estagiários e servidores terceirizados.

A APROJUS será responsável pela organização da "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014" somente junto aos SEUS ASSOCIADOS E DEMAIS SERVIDORES do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

A aplicação da vacina, em Porto Alegre, será feita, entre os dias 03 e 17 de abril, nos seguintes locais:

 - nas Torres/térreo, das 12h às 18h;

- na sede da Andrade Neves 106/12º andar, das 12h às 18h.

 

Com relação à vacina:

- a aplicação será realizada pelo Serviço Biomédico;

- a vacina é de origem belga;

- a vacina é CONTRA A GRIPE (Influenza) CEPAS 2014: H1N1, H3N2 e B;

- a vacina não deve ser usada por mulheres grávidas, ou que estejam amamentando, sem orientação médica. 

 - a vacina influenza trivalente não deve ser administrada a indivíduos com conhecida hipersensibilidade ao ovo, às proteínas de ovo ou de frango, ao formaldeído, desoxicolato de sódio ou sulfato de gentamicina. 

- da mesma forma que com outras vacinas, deve-se adiar a administração da vacina influenza trivalente a indivíduos que apresentam doença febril aguda grave. A presença de infecção leve, com ou sem febre, não representa contraindicação ao uso da vacina influenza trivalente.


A Campanha de Vacinação será realizada junto aos associados da APROJUS e demais servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul, sendo extensiva também a seus familiares, assim compreendidos para efeitos desta campanha:

- ascendentes;

- descendentes;

- cônjuges/companheiro(a)

ATENÇÃO PARA AS OBSERVAÇÕES COM RELAÇÕES ÀS CRIANÇAS:

Crianças podem necessitar de aplicação de duas doses de vacina. Segundo o laboratório fornecedor, a vacinação deve ocorrer da seguinte forma: 

- Crianças a partir de 9 anos de idade: 1 dose de 0,5 mL.

-  Crianças de 3 a 8 anos: 2 doses de 0,5 mL com intervalo de 1 mês. Para as vacinadas previamente, 1 dose é suficiente.

- Crianças de 6 a 35 meses: 2 doses de 0,25 mL com intervalo de 1 mês. Para as vacinadas previamente, 1 dose é suficiente.

ATENÇÃO: POR RAZÕES OPERACIONAIS DO MINISTÉRIO PÚBLICO, ESTA CAMPANHA SÓ DISPONIBILIZARÁ APLICAÇÃO DE UMA DOSE PARA CADA PARTICIPANTE. PORTANTO, NO CASO DAS CRIANÇAS QUE NECESSITAM DE UMA SEGUNDA DOSE, ESCLARECEMOS, DESDE JÁ, QUE NÃO HAVERÁ A APLICAÇÃO DE SEGUNDA DOSE, NESTA CAMPANHA, PELO MINISTÉRIO PÚBLICO, FICANDO A CRITÉRIO DE CADA ASSOCIADO(A)/SERVIDOR(A) A CONVENIÊNCIA DE APLICAÇÃO, NESSES CASOS, NESTA CAMPANHA, DE APENAS UMA DOSE.

Assim:

Por que o MP não aplica a segunda dose também? Porque não há estrutura física adequada para armazenamento das vacinas por tanto tempo.

É possível comprar uma dose de vacina (0,5 ml) e aplicar em duas crianças de 6 meses a 35 meses? Não. Uma vez utilizada a seringa, esta deve ser descartada. O laboratório recomenda que seja eliminada metade da dose antes da aplicação, não devendo ser transferida para outra seringa (dividida), sob risco de perda da eficácia e/ou contaminação. Ou seja, não pode ser guardada nem dividida depois de aberta.

É possível comprar meia dose para crianças de 6 a 35 meses? Não. O laboratório não fornece meia dose.


ESTAGIÁRIOS E FUNCIONÁRIOS DO SERVIÇO TERCEIRIZADO

 Estagiários do Ministério Público e funcionários terceirizados poderão ser vacinados, desde que autorizados por servidor do Ministério Público (associado da APROJUS ou não). Nesses casos, o pagamento pela aplicação será de responsabilidade do associado ou servidor que a autorizou.

 

ASSOCIADOS E SERVIDORES LOTADOS NO INTERIOR DO ESTADO

 

Com o intuito de ampliar a rede de associados e servidores beneficiados pela "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014",  neste ano buscamos disponibilizar a aplicação das vacinas também nas seguintes Promotorias - atenção para as datas em cada local:

1. Passo Fundo - dia 02/04

2. Capão da Canoa - dia 04/04

3. Pelotas - dia 07/04

4.  Novo Hamburgo - dia 14/04

5. Santa Maria - dia 15/04

6.  Caxias do Sul - dia 16/04

Nessas cidades, a vacinação ocorrerá das 13h às 16h e será operacionalizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul - Serviço Biomédico.

Associados e demais servidores, lotados nessas Promotorias de Justiça, ou em Promotorias de Justiça próximas, que desejarem participar da "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014", deverão seguir os mesmos procedimentos aqui mencionados.

A realização da "Campanha de Vacinação contra a Gripe 2014", em cada uma das Promotorias de Justiça elencadas acima, dependerá, além de atender o requisito geral de número mínimo de 300 participantes, atender, também, o número mínimo de 15 (quinze) participantes em cada Promotoria de Justiça.

 

VALORES:

Associados da APROJUS e seus familiares autorizados, que possam receber a aplicação da vacina nos locais informados para a aplicação:

Valor R$ 35,00 (trinta e cinco reais)

Demais servidores e seus familiares autorizados, estagiários e terceirizados, que possam receber a aplicação da vacina nos locais informados para a aplicação:

Valor R$ 45,00 (quarenta e cinco reais)

 

COMO INSCREVER-SE PARA VACINAÇÃO - PROCEDIMENTOS

- A autorização para aplicação da vacina, neste ano, SOMENTE poderá ser realizada junto à APROJUS,entre os dias 10 e 25 de março de 2014;

- O servidor, associado ou não da APROJUS, deverá entrar no site da entidade - www.aprojus.org.br - e clicar no campo "CAMPANHA DE VACINAÇÃO 2014 - IMPRIMA AQUI SUA AUTORIZAÇÃO";

- A AUTORIZAÇÃO é o documento hábil para reservar sua dose, indicar o local para aplicação da vacina, indicar familiares/terceirizados/estagiários para aplicação da vacina e autorizar o desconto em folha do(s) respectivo(s) valor(es);

- Após preenchimento e assinatura da respectiva autorização, ela deverá ser escaneada e reenviada para a APROJUS, para o email - atendimento@aprojus.org.brou por fax (51.3224.1966) - das 9h às 17h.Poderá também ser preenchida e assinada diretamente na sede da associação - Rua General Andrade Neves, 90, conjunto 32, Centro Histórico, Porto Alegre. De qualquer forma, a AUTORIZAÇÃO deverá estar na APROJUS ATÉ DIA 25 DE MARÇO - ESSE PRAZO É IMPRORROGÁVEL !!!

REPETIMOS: OS INTERESSADOS DEVERÃO ENTRAR NO SITE DA APROJUS E IMPRIMIR A AUTORIZAÇÃO PARA VACINAÇÃO. APÓS PRRENCHIDA E ASSINADA, ELA DEVERÁ RETORNAR À APROJUS ATÉ DIA 25 DE MARÇO - PRAZO QUE NÃO SERÁ PRORROGADO.

 

DATAS E FORMAS DE PAGAMENTO 

O pagamento da vacina será operacionalizado na folha de pagamento do mês de ABRIL/2014;

- O pagamento da vacina se dará somente por consignação na folha de pagamento. NENHUMA OUTRA FORMA DE PAGAMENTO SERÁ OPERACIONALIZADA;

- O pagamento da(s) respectiva(s) vacina(s) somente será efetuado na folha de pagamento do mês deABRIL/2014, OU SEJA, TODAS AS VACINAS AUTORIZADAS SERÃO COBRADAS EM UMAÚNICA PARCELA NA FOLHA DE PAGAMENTO DO MÊS DE ABRIL/2014. NÃO HAVERÁ PARCELAMENTO DE VALORES RELACIONADAS À APLICAÇÃO DE VACINAS;

- AS AUTORIZAÇÕES ENVIADAS À APROJUS, NÃO PODERÃO SER CANCELADAS, OU SEJA,AUTORIZAÇÃO ENVIADA É VACINA RESERVADA E SERÁ COBRADA DE QUEM ASSINOU E ENVIOU A AUTORIZAÇÃO, OCORRENDO OU NÃO, EFETIVAMENTE, A APLICAÇÃO DA VACINA POR CONDIÇÃO EXCLUSIVA DO INTERESSADO QUE ENVIOU A AUTORIZAÇÃO;

REPETIMOS: NÃO HAVERÁ POSSIBILIDADE DE DESISTIR DO NÚMERO DE VACINAS QUE O ASSOCIADO/SERVIDOR SOLICITOU E CANCELAR O DESCONTO NA FOLHA DE PAGAMENTO.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES 

- A aplicação da vacina será efetuada mediante a apresentação de documento de identidade;

- As pessoas indicadas deverão comparecer nas datas e locais de vacinação, munidos de documento de identidade original. SEM A APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTO NÃO OCORRERÁ A APLICAÇÃO DA VACINA.

O local da vacinação de as pessoas indicadas deverá ser o mesmo escolhido para vacinação do(a) associado(a) ou servidor(a).

 


MAIS NOTÍCIAS
voltar
Fasp União Gaúcha