NOTÍCIAS

SURPREENDENTEMENTE MINISTÉRIO PÚBLICO NEGA COLOCAÇÃO DAS ÁRVORES DE NATAL, PELA APROJUS, NOS PRÉDIOS DO MP, PARA REALIZAÇÃO DO PROJETO SOCIAL
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2012
Informação foi repassada, ontem, dia 20 de novembro, em reunião com a Chefe de Gabinete

Como acontece a seis anos consecutivos, sempre com a participação da chefia institucional do Ministério Público, a APROJUS protocolou, no dia 07 de novembro de 2012, solicitação para colocação das árvores de Natal, nos prédios do Ministério Público, para fins de realização do Projeto Social APROJUS.

A solicitação foi protocolada sob número 00958.09212/2012-7 e ainda não nos foi enviada resposta formal, porém, ontem, dia 21 de novembro, a Vice-Presidente da APROJUS, Carmen Jucinara Pasquali, foi informada em reunião com a Excelentíssima Senhora Doutora Chefe de Gabinete, Isabel Bidigaray, que será indeferida a colocação das árvores de natal do Projeto Social APROJUS, nos prédios do Ministério Público, bem como a divulgação do projeto na INTRANET.

A justificativa dada foi que o Ministério Público desenvolverá projeto próprio para doação de brinquedos aos filhos dos funcionários terceirizados.

Para nós da Diretoria da APROJUS, a justificativa não incompatibiliza a continuidade de um projeto que no ano de 2010, contou, inclusive, com abertura oficial da então Procuradora-Geral de Justiça, Doutora Simone Mariano da Rocha, e que agregava membros e servidores numa ação solidária de significativa relevância social que já levou presentes para mais de 3.000 crianças carentes, desde seu início.

Este ano, o Natal fica mais triste: sem árvores, estrelinhas, presentes.

A APROJUS, no entanto, está estudando maneiras alternativas de concretizar o projeto.



MAIS NOTÍCIAS
voltar
Fasp União Gaúcha